Outubro Rosa!

Você sabe o que é o Outubro Rosa? Este mês é focado para conscientizar e alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e também sobre o câncer de colo do útero. Não tenha medo, seja uma heroina e faça o exame o autoexame!

Anúncios

Dia nacional de prevenção a obesidade

A ideia do dia Nacional a Prevenção da Obesidade é unir esforços para comunicar de forma intensa o impacto da obesidade na vida das pessoas, ampliar o acesso a informação sobre a doença e mecanismos de prevenção.

A conscientização sobre a importância da atividade física e da alimentação adequada é fundamental para o combate e a prevenção da obesidade.

Neste dia especial, no qual direcionamos nosso olhar para o problema da obesidade, vale refletir sobre as ações que podemos tomar para melhorar nosso estilo de vida.

Um deles é começar com uma boa atividade física e uma alimentação adequada, com nutrientes indicados para perder peso.

Com isso destacamos a presença de 3 suplementos especiais que atuam de forma conjunta nesse processo.

CAFEÍNA: Aumenta a atividade energética do organismo. Estimulando o metabolismo e acelerando a queima da gordura localizada.

PICOLINATO DE CROMO: Além de ser um potente antioxidante, o Picolinato de Cromo é um mineral que atua evitando a vontade em comer doces e alimentos gordurosos.

ÓLEO DE CÁRTAMO: Potente antioxidante, atua na sinergia da queima da gordura marrom do organismo. Além de ser um protetor cardiovascular.

Quer aproveitar e comprar esses suplementos por um PREÇO MAIS BAIXO?

Aproveite o Combo Emagrecimento 2 com um PRECINHO ESPECIAL PARA VOCÊ.

APENAS R$ 84,92 a prazo ou R$ 76,43 a vista!!

LINK: https://www.nutresul.com.br/produto/combo-emagrecimento-2/2447302

VITAMINAS E OUTROS NUTRIENTES INDICADOS PARA GESTANTES.

A gestação é um processo intenso, que pode ser ainda mais maravilhoso se existe o suporte nutricional adequado para suas demandas únicas. Iodo e colina para a formação cerebral, ferro para evitar anemia, vitamina E para a função cognitiva. Esses são apenas alguns dos nutrientes recomendados para esta fase tão especial. Mas o que torna esses elementos tão importantes? O que a carência de vitaminas para gestantes pode causar? Confira.

Ômega 3

Um dos componentes do ômega-3, o DHA (ácido graxo docosahexaenoico), é transferido a taxas altíssimas da mãe para o feto. Essa distribuição é crucial para uma ótima saúde do cérebro, olhos, imunidade e desenvolvimento do sistema nervoso.

Devido à alta demanda do feto, pode ocorrer de a mãe se tornar carente do importante nutriente e, portanto, sofrer de problemas associados com a sua deficiência. Entre os principais estão o estresse e a depressão pós-parto.

Onde obter o ômega-3?

Uma das principais fontes são os peixes de águas frias e profundas. Entre eles, estão o salmão, o atum e a sardinha. Os crustáceos, em especial os que vivem em águas frias, também fornecem esse nutriente.

Além das fontes marinhas, encontramos os precursores de ômega-3 em oleaginosas como castanhas, nozes e amêndoa.

Também é possível encontrar em óleos vegetais como azeite, sementes de linhaça, chia e cânhamo, em vegetais de folhas escuras, como couve, brócolis e espinafre e até em leguminosas, como feijão, ervilha e grão-de-bico.

Ácido fólico

A ingestão deste nutriente durante a gravidez está relacionada à rápida proliferação celular, regulação da expressão genética, metabolismo de aminoácidos e síntese dos neurotransmissores. Também é importante para a saúde materna, podendo ajudar na prevenção ou minimização da depressão pós-parto.

Onde obter ácido fólico?

O fígado da galinha é o alimento com maior concentração de ácido fólico, sendo seguido pelo mesmo órgão do peru e dos bovinos. Na sequência do ranking de concentração por porção, estão os vegetais, feijão, lentilha, quiabo e espinafre.

Vitamina E

Durante a gravidez, é um importante antioxidante e ajuda a defender as células. Se constatou que, mesmo sendo importante durante toda a vida, os níveis elevados de concentração de vitamina E durante o nascimento foram associados com melhor função cognitiva em crianças de 2 anos de idade.

A carência deste antioxidante durante a gravidez é associada ao aumento de infecções, anemia, nanismo, aborto, desordens neurológicas e outras condições patológicas para a mãe e/ou bebê, o que faz dela uma das principais vitaminas para gestantes.

Onde obter a vitamina E?

A vitamina E é encontrada naturalmente em alimentos de origem vegetal, principalmente nos vegetais verde-escuros, nas sementes oleaginosas, nos óleos vegetais e no germe de trigo. Além disso, está presente em alguns alimentos de origem animal, como gema de ovo e fígado.

Vitamina D

De acordo com o National Institutes of Health (NIH), a interrupção no uso de pílulas anticoncepcionais pode levar a uma queda nos níveis de vitamina D. Para crianças, o baixo nível de vitamina D materno tem sido associado a um aumento do risco de parto prematuro e baixo peso ao nascer (<2.500 gramas). Para as mulheres grávidas, a deficiência de vitamina D tem sido associado com um aumento do risco de pré-eclampsia e diabetes gestacional.

Onde obter vitamina D?

As fontes de vitamina D são exclusivamente de origem animal, como sardinha, atum, ovo e fígado bovino. Para veganos, uma opção é a obtenção através de banhos de sol.

Vitamina B6

Tem diversas funções no corpo, incluindo a formação do sistema nervoso e de células vermelhas do sangue. Atua também como esteroide hormonal (relacionada ao colesterol) e na síntese de ácido nucleico.

Onde obter vitamina B6?

A vitamina B6 é encontrada em diversos alimentos, tanto de origem animal, como carne suína, leite e ovos, como de origem vegetal como aveia, banana, gérmen de trigo, abacate, sementes e nozes.

Iodo

É extremamente importante na biossíntese dos hormônios tireoidianos T3 e T4, que desempenham um papel notável no crescimento e desenvolvimento dos órgãos e, principalmente, do cérebro antes, durante e após a gravidez. A ingestão de iodo nos níveis recomendados ajudará a evitar uma má formação cerebral e preservar a capacidade de aprendizado da criança. Mesmo uma deficiência leve pode prejudicar o desenvolvimento intelectual da criança.

Na gestação, uma deficiência de iodo pode levar a um quadro de hipotireoidismo congênito. Nesses casos, a glândula tireoide do recém-nascido é incapaz de produzir as quantidades adequadas de hormônios tireoidianos. Se não receberem diagnóstico e tratamento adequados, essas crianças podem ter o crescimento e desenvolvimento mental seriamente comprometidos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), toda mulher grávida deve consumir cerca de 250mcg de iodo por dia, e isso deve ser continuado até o término do período da amamentação.

Onde obter iodo?

Os principais alimentos ricos em iodo são os de origem marinha (ostras, moluscos, mariscos e peixes). Leite e ovos também são fontes de iodo, desde que oriundos de animais que tenham pastado em solos ricos em iodo ou que foram alimentados com rações que continham o nutriente. Vegetais oriundos de solos ricos em iodo também são boas fontes. Além disso, ele está presente no sal iodado.

Zinco

O zinco é um mineral com alta demanda pelo feto, pois atua na regulação do desenvolvimento cerebral durante a fase fetal e pós-natal.

Melhorar os níveis de zinco pode ajudar quanto a uma possível depressão da mãe, já que ele atua como um importante cofator para síntese de neurotransmissor. De fato, sob condições de grande estresse, o organismo elimina rapidamente o zinco através da urina, suor e saliva – quanto mais depressão, menor o nível de zinco.

Outro fator de proteção do zinco acontece diante da possibilidade de infecções virais, bacterianas e fúngicas que podem ocorrer durante o desenvolvimento do bebê. Esse micronutriente é um grande responsável pelo funcionamento do sistema imune.

Onde obter zinco?

Segundo a Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos, elaborada pela Unicamp, entre os alimentos com maiores concentrações de zinco estão o mingau tradicional, o cereal matinal, o acém bovino, o patinho bovino e a carne-seca.

Colina

Trata-se de um nutriente essencial presente em alimentos como fígado, carne bovina, peixes, amendoim e gema de ovos. Oferece benefícios tanto para danos hepáticos quanto para alterações neurológicas como depressão, perda de memória, entre outros.

Um aumento de sua necessidade aparece durante a gravidez e lactação, porque a colina é necessária para a produção da lipoproteína fosfatidilcolina – componente de todas as membranas celulares. Além disso, ela desempenha um papel central no desenvolvimento cerebral da criança, em especial na área do hipocampo e encéfalo frontal (regulação da memória e atenção), antes e após o nascimento.

Estudo da Universidade de Cornell aponta que o nutriente pode melhorar a maneira como a criança responde ao estresse. Outra pesquisa, desenvolvida na Universidade do Colorado – EUA, relatou um melhor funcionamento cognitivo da criança, além de uma redução no risco de desenvolver, futuramente, esquizofrenia.

Onde obter colina?

O ovo é, talvez, a fonte mais conhecida de colina, mas ela também pode ser encontrada no fígado bovino, no salmão, na couve-flor, na couve e no leite materno.

Ferro

É considerado necessário para apoiar o crescimento e o desenvolvimento do feto e da placenta. Também ajuda a atender à crescente demanda por células vermelhas do sangue (hemácias) para transportar oxigênio.

A deficiência de ferro é a principal causa de anemia durante a gravidez. A anemia grave por deficiência de ferro tem sido associada a um risco aumentado de bebês com baixo peso ao nascer (menos que 2.500 gramas), parto prematuro e mortalidade perinatal.

Onde obter ferro?

Entre os alimentos com maiores concentrações de ferro, estão o mingau tradicional, a farinha de arroz, o feijão, e as farinhas de trigo, cevada e aveia.

A opção pela suplementação com nutrientes para gestantes

E o que torna os suplementos uma opção a se considerar? A gestante de hoje não recebe a mesma quantidade de nutrientes em comparação com uma gestante que vivia há 90 ou 30 anos atrás. Em 1927, pesquisadores de King’s College, da Universidade de Londres, começaram a coletar dados sobre o teor de nutrientes dos alimentos (27 variedades de vegetais, 17 de frutas, 10 cortes de carne, alguns queijos e leites). Suas análises foram repetidas em intervalos regulares desde então, dando-nos uma imagem única de como a composição da nossa alimentação mudou ao longo do século passado: os alimentos perderam de 20% a 60% dos seus nutrientes.

Além disso, a manutenção de uma dieta rica e variada, que atenda a todas as recomendações de nutrientes, não é algo simples para a maioria das mães. Seja por falta de tempo, seja por falta de conhecimento. Como resultado, estudos vêm indicando uma carência nutricional entre gestantes.

Referência: https://www.essentialnutrition.com.br/conteudos/vitaminas-e-outros-nutrientes-indicados-para-gestantes/

Combo Best Vegan + Brinde ISO Crisp Vegan (60g)  

Composição do Combo:

> 2 – Best Vegan (500g) – Atlhetica Nutrition

> 1 – ISO Crisp Vegan (60g) – VitaFort – BRINDE

Você é vegano ou é adepto a uma dieta sem derivados animais? Já conhece as opções de proteínas com alto valor biológico?

As proteínas vegetais têm ganhado seu espaço no meio esportivo por conter qualidade nutricional e perfil de aminoácidos de ótima qualidade. Sendo uma ótima opção para quem procura aumentar a massa muscular e manter os níveis proteicos em dia.

Trazemos hoje uma ótima opção de Proteína Vegana para você conciliar sua dieta Veggie com a prática de atividade física.

O Best Vegan traz uma proteína 100% vegetal sendo uma ótima opção para uma suplementação proteica. É composta por: leguminosas, oleaginosas, grãos, cereais e sementes. Essas são as maiores fontes de proteína de origem vegetal, que aliada com a prática de atividade física pode proporcionar com maior afetividade dos seguintes benefícios:

> Aumento da Massa Muscular;

> Acelera a recuperação das fibras musculares;

> Evita a perda brusca de massa muscular;

> Aumenta os níveis de vitaminas e minerais;

> Mantém uma boa atividade de regeneração de células;

Corra já e garanta o seu, pois os estoques são limitados… Clique no LINK Abaixo e adquira Jáá.

DE: R$ 271,66

POR: R$ 236,02 a prazo ou R$ 212,42 a vista!

LINK: https://www.nutresul.com.br/produto/combo-best-vegan—iso-crisp-vegan-60g-brinde/2448559

Conheça nossa categoria de combos

Você conhece nossa área destinada a combos suplementos?

Os combos de suplementos são elaborados afim de condicionar a você uma grade de compostos que iram ajudar no seu objetivo final de treinamentos e dietas, como por exemplo combos para emagrecimento, hipertrofia muscular, ganho de peso ou alguns compostos pertinentes as mulheres.

E como tudo pode melhorar. Ainda fornecemos um DESCONTÃO na compra do seu combo de suplementos.

Entre nesse link abaixo, e navegue em diversas opções que irá melhor atender a sua necessidade. Aproveite pois os combos vêm com muitos BRINDES.

LINK: https://www.nutresul.com.br/produtos/combos/179

Desafio dos 21 dias

Muitas pessoas já pagaram um ano de academia e na segunda semana desistiram e nunca mais voltaram. Outras fizeram diversas dietas e não conseguem manter um dia sequer.

Isso ocorre frequentemente, pois a maioria se mantém determinado por 1 semana no máximo e logo perco o foco e determinação.

O Desafio dos 21 dias serve justamente para evitar isso, saiba mais:

Neurocientistas confirmam: em 21 dias você reprograma o seu cérebro!

Por que 21?
21 dias para mudar e transformar.
21 dias para ser uma pessoa mais feliz e de bem com a vida. 21 dias para começar a fazer yoga.
21 dias para meditar. 21 dias para mudar os hábitos alimentares…
21 dias para abandonar e quebrar um hábito, como parar de comer carne, parar de fumar, parar de criticar, adotar condutas altruístas… etc.

Tudo o que você precisa são 21 dias de determinação e disciplina fazendo ou deixando de fazer determinada coisa.

Você sabia que tudo o que você conquistou, assim como o seu padrão de pensamento e comportamento, estão relacionados aos seus hábitos? Ou seja, os seus hábitos influenciam diretamente a sua vida.

Os hábitos são, essencialmente, padrões de comportamentos e acabam se tornando uma parte do que somos.

Quando algum comportamento se repete o cérebro cria vias sinápticas mais rápidas, de maneira que uma ação aciona a ação seguinte, de forma quase automática.

É esse o desafio que iremos propor para vocês!
21 dias de determinação para transformar, seja na academia ou onde for.

Pasta de Amendoim: tudo o que você precisa saber a respeito

Boa parte da galera que treina, para fugir de opções não muito saudáveis, opta pela pasta de amendoim em diversas receitas. Será que você sabe tudo sobre ela?

A pasta de amendoim já caiu no gosto dos brasileiros e, principalmente, de quem treina.

Isso porque além de ser uma delícia, é um alimento muito nutritivo, que proporciona diversos benefícios à saúde e alguns específicos para quem treina.

Mas assim como diversos outros alimentos, há muitos mitos sobre os benefícios e malefícios que envolvem a pasta de amendoim e seu consumo.

Você não deve deixar se enganar sobre sobre os benefícios que a pasta de amendoim pode te proporcionar, e também em relação aos malefícios.

Por isso, fizemos este post que contém tudo o que você precisa saber sobre a pasta de amendoim.

Saca só:

Pasta de Amendoim: tudo o que você precisa saber sobre pasta de amendoim

Propriedades nutricionais

A pasta de amendoim é rica em gordura, sendo boa parte dela de gordura boas.

Vale lembrar que o consumo de gordura é essencial para a saúde, pois esse nutriente possui diversas funções no organismo.

Para quem treina e deseja ganhar massa muscular, é muito importante, pois a gordura é essencial na produção de alguns hormônios, como a testosterona.

Por conter uma grande quantidade de gordura, também contém um alto valor calórico.

Por isso, deve ser consumida com moderação, principalmente, por quem quer emagrecer.

Porém, ser calórico ou conter muito gordura não quer dizer que o alimento não é saudável ou provoca o ganho de gordura corporal.

Um alimento com alto teor de calorias, quando contém também grande quantidade de nutrientes importantes para a saúde, sem adição de açúcar, etc. não é um alimento ruim, por exemplo.

Além disso, todos os alimentos, calóricos ou não, devem ser consumidos conforme suas necessidades.

A pasta de amendoim também contém boa concentração de proteína, outro motivo que tem feito do alimento um aliado de quem treina.

Em relação aos carboidratos, contém uma quantidade menor concentração em relação aos outros macronutrientes e ainda boa quantidade de fibra alimentar.

Vale ressaltar que, se a pasta de amendoim foi adicionada de açúcar, ela apresentará mais carboidrato.

Também é rica em diversas vitaminas e minerais, que são muito importantes para a saúde e para quem treina, independente do objetivo.

Para exemplicar, imagine que 100g* de pasta de amendoim possui cerca de:

610 calorias
15g de carboidrato
25g de proteína
50g de gorduras
7g de fibras alimentares

* Os valores acimas foram calculados com a média de algumas matérias-primas e principais marcas do mercado. Os valores podem ser maiores ou menores de acordo com diversos fatores.

Principais benefícios

  1. Hipertrofia

Para alcançar a hipertrofia, é necessário uma dieta equilibrada, que vise o ganho de massa muscular não acompanhada do aumento excessivo de gordura corporal.

Por isso, um plano alimentar de acordo com os seus objetivos, aliado a um treino adequado são essenciais para o ganho de massa muscular.

Alguns alimentos, como a pasta de amendoim, podem te ajudar nesse processo e serem utilizados de forma estratégica.

A pasta de amendoim é calórica e contém alta quantidade dos macronutrientes.

Então, pode ser utilizada estrategicamente para te ajudar a alcançar a ingestão necessária de nutrientes, que é alta nas dietas para hipertrofia.

Além disso, fornece nutrientes essenciais para o ganho de massa muscular.

A proteína e os aminoácidos são essenciais para a construção muscular, por exemplo.

Já as gorduras são essenciais para a produção de hormônios envolvidos com o crescimento muscular, como a testosterona.

As vitaminas, minerais e o carboidratos também são importantes para a hipertrofia.

E todos esses nutrientes estão presentes na pasta de amendoim.

  1. Melhora do treino

A pasta de amendoim vem sendo muito consumida no pré-treino para ajudar na melhora do desempenho físico.

O consumo de carboidrato com pasta de amendoim, por exemplo, pão com pasta de amendoim, antes do treino, ajuda a diminuir o índice glicêmico da refeição.

Com isso, ajudar a manter os níveis de energia mais constante, além de prevenir a hipoglicemia durante o treino, que prejudica o rendimento físico e provocar até efeitos mais graves.

A hipoglicemia durante o exercício pode ser causada devido uma rápida absorção do carboidrato.

Que leva a um pico de glicemia e, consequentemente, um pico de insulina no sangue, que pode captar muita glicose de uma vez e provocar a hipoglicemia.

Além disso, fornece uma boa quantidade de energia através das gorduras boas que possui em sua composição.

  1. Ajuda na perda de peso

A pasta de amendoim não ajuda apenas quem quer ganhar massa muscular ou melhorar o desempenho.

Também ajuda quem deseja perder peso. E só quem quem está em uma dieta restritiva sabe o quão isso é difícil.

Ficar sem consumir alimentos não saudáveis, calóricos, ricos em gorduras e açúcares.

Isso porque quando há uma redução do consumo de calorias ou desses nutrientes, seu corpo inicialmente responde com o aumento da vontade de consumi-los.

Já o consumo da pasta de amendoim ajuda a manter o controle do apetite, devido o aumento da sensação de saciedade causado pela gordura.

E a vontade de consumir alimentos ricos em calorias, pois é rica no aminoácido triptofano, que auxilia na produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação do bem-estar.

Ou seja, a pasta de amendoim pode te deixar mais “feliz” depois de comer.

É o mesmo efeito provocado por alimentos porcarias, reduzindo o desejo por alimentos que podem prejudicar seus resultados.

Com isso, auxilia na redução da ingestão de alimentos altamente calóricos e não saudáveis, que colaboram para o aumento de gordura corporal e prejudicam o emagrecimento.

Como consumir pasta de amendoim

A pasta de amendoim deve ser consumida de acordo com as suas necessidades nutricionais.

Lembrando que seu consumo deve ser moderado por quem deseja emagrecer e definir, visto que possui um alto teor de calorias.

Ela pode ser consumida em qualquer horário do dia, de acordo com os seus objetivos e necessidades.

A pasta de amendoim também é um excelente alimento para adicionar em receitas e um alimento prático para levar para seus lanches.

Como escolher a sua pasta?

É possível encontrar nos mercados opções saudáveis de pasta de amendoim – sem adição de açúcares e aditivos químicos.

Certifique-se apenas se a pasta de amendoim que você vai comprar realmente não tem açúcar e aditivos.

Para isso, olhe as lista de ingredientes; essa deve ter apenas amendoim.

Confira nossas pastas: https://www.nutresul.com.br/produtos/pastas-de-amendoim/186

Fonte: Iridium