Molho de salada com óleo de coco

A principal forma de utilização do óleo de coco é no preparo e tempero dos alimentos, substituindo os outros óleos. Ele é considerado mais saudável para cozinhar, devido ao seu “smoke point” superior – temperatura à qual o óleo pode ser aquecido sem modificar-se, formando toxinas nocivas à saúde.

Em preparações cruas, apresenta sabor levemente adocicado, que fica mais suave em preparações quentes. Experimente misturá-lo também em sucos e nas receitas de bolos e doces.

INGREDIENTES

1/4 de xíc. (chá) de Óleo de Coco
1/4 de xíc. (chá) de azeite extravirgem”
1/4 de xíc. (chá) de vinagre de maçã (ou suco de limão)
1 col. (sopa) de água
1/2 col. (sopa) de sal
1 col. (café) de cúrcuma (opcional)
1 pitada de pimenta-do-reino

MODO DE FAZER

Junte todos os ingredientes em uma tigela e misture bem. Deixe descansar em temperatura ambiente por uma hora e, depois, guarde na geladeira. O molho pode ficar consistente sob refrigeração, por isso, retire da geladeira uma hora antes de servir ou aqueça no micro-ondas.

Experimente também substituir o óleo de coco por MCT, por ser ultrapurificado ele não solidifica em baixas temperaturas e possui um sabor neutro.

Rende: 20 colheres de sopa
Calorias por colher: 43

Precisando Óleo de coco ou MCT?
https://www.nutresul.com.br/produtos/triglicerideos-de-cadeia-media-mct/236

O que são alimentos oleaginosos e o que ela oferece?

Em primeiro lugar, um pequeno fato etimológico: a semente de oleaginosa vem da palavra latina Oleum, que significa “óleo”. De fato, as oleaginosas são alimentos vegetais que extraem óleo. Isso inclui nozes, amêndoas, avelãs, pinhões, pistaches, azeitonas ou sementes, como abóbora, linho, gergelim, cola, girassol, etc.

As oleaginosas em particular oferecem proteínas vegetais, fibras, muitos minerais, magnésio, potássio, ferro, cálcio, zinco, cobre, selênio e vitaminas B e E. As amêndoas, por exemplo, têm um conteúdo muito alto de vitamina E e ômega 9.

Recomenda-se comer um punhado de oleaginosas todos os dias, porque elas são boas para sua saúde.

Outros benefícios:

Vários benefícios estão correlacionados com o consumo de oleaginosas, o consumo diário ideal para que não ocorra o ganho de peso é em torno de 25-30g do alimento.

Por ser um alimento muito rico em fibra, as oleaginosas possuem o papel de elevar a saciedade, evitando que haja o consumo excessivo de outros alimentos, principalmente açúcares e gorduras ruins.

As oleaginosas também podem ajudar a controlar o diabetes mais facilmente, uma vez que são ricas em fibras, diminuem a taxa de açúcar no sangue, que para esses indivíduos é muito perigoso. Pois o açúcar em excesso pode causar hiperglicemia induzida.

Muitos estudos têm demonstrado que o consumo diário de oleaginosas, diminui os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumenta o nível de colesterol bom (HDL), pela sua riqueza em gorduras boas, o que de fato é muito bom para sua saúde cardiovascular!

Hoje, os profissionais recomendam uma ingestão diária de 25 gramas de oleoaginosas diariamente. Dessa forma você pode combinar suas oleaginosas no café da manhã com uma taça de iogurte com frutas. Ou até mesmo no lanche da tarde, como um snack para passar a vontade daquele docinho.

Confira nossas opções de oleaginosas: https://www.nutresul.com.br/produtos/oleaginosas/267

Receita Fit Crepioca de brócolis com Glutamina

Ingredientes:

2 ovos ou 3 claras
2 colheres de sopa de tapioca ou polvilho doce ou azedo
3 colheres de sopa de brócolis cru picado
1 colher de requeijão cremoso light ou iogurte natural ou creme de ricota (opcional)
1 colher de chá (5g) de Glutamina
Queijo ralado (opcional)
Sal e temperos verdes a gosto.

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes em uma tigela, misture tudo. Após isso, coloque em uma frigideira untada, adicione uma porção e prepare em fogo baixo.

Benefícios da receita:

– Atua na regulação do sistema imunológico
– Favorece a hipertrofia muscular
– Rico em cálcio, vitaminas A e C
– Rico em proteínas

Glutamina em promoção: https://www.nutresul.com.br/produtos/glutamina/105