WHEY PROTEIN PODE REDUZIR RISCO DE DOENÇA CARDÍACA E AVC

Os fatores de risco de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais (AVC) podem ser reduzidos com a ingestão frequente de suplementos proteicos, descobriram cientistas da Reading University. Ao tomar um suplemento de proteína do soro do leite (whey protein), os participantes do estudo com hipertensão leve tiveram uma redução estimada de 8% no risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral.

Aqueles que tomaram o suplemento apresentaram pressão sanguínea e níveis de colesterol mais baixos, e vasos sanguíneos mais saudáveis. Ágnes Fekete, pesquisadora que realizou o estudo na Universidade de Reading, afirmou que “os resultados desta pesquisa mostram o impacto positivo que as proteínas lácteas podem ter sobre a pressão arterial”. Segundo a pesquisadora, estudos de longo prazo mostram que as pessoas que tomam mais leite tendem a ser mais saudáveis, mas até agora havia poucas pesquisas para avaliar como as proteínas lácteas afetam a pressão arterial em particular.

Impacto significante do whey protein para a saúde cardíaca e vascular

O estudo analisou o impacto de beber duas batidas (shakes) de proteína por dia durante oito semanas em uma série de marcadores de saúde cardíaca e vascular, incluindo pressão arterial, rigidez arterial e colesterol.

Aqueles que participaram do estudo duplo cego, randomizado e controlado, consumiram 56 g de proteína do soro do leite por dia, o que equivale a doses utilizadas pelos fisiculturistas. O estudo examinou 38 participantes com leve e pré-hipertensão, e encontrou uma série de efeitos positivos significativos em marcadores de saúde cardiovascular, incluindo:

Reduções significativas da pressão arterial (PA) ao longo das 24 horas após o consumo do whey protein. Para pressão arterial sistólica -3,9 mm Hg; para PA diastólica -2,5 mm Hg, em comparação com a ingestão de placebo.

Diminuição do colesterol total, um tipo de gordura encontrada na corrente sanguínea que em níveis elevados aumenta o risco de doença cardiovascular (-5%), em comparação com o placebo.

Diminuição de triglicerídeos, um tipo de gordura encontrada na corrente sanguínea que em níveis elevados aumenta o risco de doença cardiovascular (- 12%), em comparação com o placebo.

Whey protein: benefícios sem ganho de peso

Os desportistas de alto desempenho, incluindo os fisiculturistas, costumam tomar whey protein como parte de seus regimes de treinamento para ajudá-los a construir massa muscular. O whey protein contribuiu com 214 quilocalorias na ingestão diária de energia dos participantes do estudo – cerca de 10% da ingestão diária recomendada de calorias.

No entanto, não houve aumento significativo de peso durante o período de estudo de oito semanas porque os participantes trocaram a proteína por outros alimentos em sua dieta. O autor principal da pesquisa relatou que “um dos impactos importantes deste estudo é que o whey protein em uma dieta saudável pode reduzir os fatores de risco para as doenças cardiovasculares, embora sejam necessários mais estudos para confirmar esses resultados”.

O estudo foi publicado no American Journal of Clinical Nutrition e é acessível ao público gratuitamente.

Fonte: Essential Nutrition

Foco no fim de ano!

Quando chegam o Natal e o Réveillon, muitas pessoas querem deixar de lado a correria cotidiana o que inclui qualquer tipo de compromisso. Porém, o educador físico e personal trainner, Givanildo Matias idealizador da rede de academias especializadas em emagrecimento, Hiit 20 faz um alerta: “Quem faz atividade física com foco em emagrecimento não pode deixar de lado os treinamentos nem mesmo nesta época do ano”. A seguir, o profissional responde às principais dúvidas daqueles que querem curtir o final de ano sem comprometer o progresso obtido com os treinos realizados até então:

Por que é importante, na medida do possível, manter a rotina de treinos no final do ano?

Nesta época do ano, há uma combinação de duas situações bem prejudiciais para quem está num processo de emagrecimento e tem na atividade física uma aliada: o aumento da ingestão calórica, incluindo o consumo de bebidas alcóolicas, e a diminuição do gasto calórico porque, normalmente, as pessoas param de treinar. São situações que podem ter como consequência aumento de peso e alguns prejuízos fisiológicos.

Parando completamente com os treinos, que tipos de prejuízos fisiológicos podem surgir?

Quem treina regularmente, vai obtendo o que chamamos de progressão do treino, ou seja, avanços visíveis no organismo como um todo. Já está comprovado que, após dez dias sem treinar, o corpo perde flexibilidade, diminui sua capacidade cárdio-respiratória e até a massa muscular é afetada. Não tem jeito: quem quer emagrecer ou conquistarhipertrofia muscular, precisa manter a rotina e disciplina nos treinos em qualquer época do ano.

Para não interromper os treinos no final do ano, o que é aconselhável fazer?

Sabemos que muitas pessoas viajam e nem sempre têm condições de manter a rotina dos treinos. O ideal é pedir orientação a um profissional para que ele adapte o treino que já é feito usando o peso do corpo ou acessórios como cordas e elásticos, por exemplo. Nem sempre será possível fazer as mesas coisas, mas é importante manter a frequência média de treino apesar das férias e das festas.

Que outros cuidados a pessoa deve ter neste período?

Um deles é controlar a alimentação, evitando os alimentos muito calóricos. As ceias de Natal não têm apenas pratos hipercalóricos, há muitas fontes de proteína como o peru, por exemplo. Vale ser seletivo, no que tange à qualidade, e evitar exageros. Também é importante dosar o consumo de álcool e aumentar a ingestão de líquidos, para repor a hidratação do organismo. Outra dica valiosa é dormir bem: a privação do sono altera hormônios que ajudam no treino e favorecem a perda de peso.

Se a pessoa não puder se exercitar durante este período de festas, precisa ter algum cuidado especial na retomada das atividades físicas?

Sim, é necessário ter cuidados. O mais indicado é readaptar o treino que vinha sendo feito até a parada. A recomendação não é mudar o tipo de exercício, mas sim, diminuir repetições ou a carga utilizada. Caberá ao profissional que orienta decidir a melhor estratégias e avaliar os impactos de cada uma delas no corpo do aluno.

Fonte: Revista News

Promoção temperos Mrs Taste

Cansado daquele sabor de frango sem gosto ou de batata doce insossa? Com os temperos deliciosos da MR Taste você prepara suas refeições com muito mais sabor sem sair da dieta.

Todos os temperos da linha são ZERO SÓDIO, SEM AROMATIZANTES E FEITO COM ESPECIARIAS SELECIONADAS

A linha completa possui 11 sabores incríveis, para todos os gostos!!

TUDO ISSO COM 20% OFF À VISTA!

Escolha já o seu e deixe suas refeições ainda mais apetitosas!

LINK:https://www.nutresul.com.br/produtos/temperos/224

Combo caldas doces

A sua dieta nunca mais será a mesma!!

O Combo Caldas Doces Zero trará um sabor inigualável para sua dieta. Sem contar nenhuma caloria. Isso mesmo… Além de ser ZERO AÇÚCAR, ZERO SÓDIO, ZERO LACTOSE E ZERO ARREPENDIMENTO.

O combo conta com sabores distintos de frutas típicas brasileiras, e o melhor sabor do chocolate e caramelo. Não deixe sua dieta sem o sabor das caldas MR TASTE, você vai gostar muito de toda essa sensação.

E para acompanhar sua rotina, estamos presenteando você com o novo PROTEIN OATS da Mr taste. Uma deliciosa mistura de Whey com aveia e polpa de fruta, conta com 20g de proteína e riquíssima em fibras.

BENEFÍCIOS DO COMBO:

– ZERO CALORIAS
– ZERO SÓDIO
– ZERO AÇÚCAR
– ZERO LACTOSE
– ZERO GLÚTEN

Produtos do combo:

1 – Calda de Manga (335g) – Mr Taste
1 – Calda de Maracujá (335g) – Mr Taste
1 – Calda de Morango (335g) – Mr Taste
1 – Calda de Chocolate (355g) – Mr Taste
1 – Calda de Caramelo (355g) – Mr Taste
1 – Protein Oats (60g) – Mr Taste – BRINDE

DE: R$ 159,88
POR: R$ 127,90

Compre aqui: https://www.nutresul.com.br/produto/combo-caldas-doces-zero/2332