Feliz dia dos avós!

Aos vovós e vovôs que acordam cedinho, que correm na praça, que pulam, que dançam, que brincam, que fazem atividades físicas e até aqueles que já não tem tanta disposição assim, o nosso Feliz dia dos Avós.

E para todos os avozinhos de plantão que possuem aquela disposição em praticar exercícios físicos, e sempre levam em conta a importância dos suplementos nessa fase da vida, preparamos algumas ofertas especiais de Suplementos Multivitamínicos, que além de grande protetores do nosso sistema imunológico, possuem efeitos antioxidantes e faz com que nosso dia fique muito mais ativo e produtivo. Então pule de cama e não fique de fora, os melhores suplementos você só encontra aqui:

https://www.nutresul.com.br/produtos/multivitaminicos-e-polivitaminicos/118

Cirurgia Bariátrica: Como e por que suplementar

Atualmente a cirurgia bariátrica é considerada a ferramenta mais eficaz no controle e no tratamento da obesidade severa. Os benefícios da cirurgia incluem resolução ou melhora acentuada de doenças crônicas como hipertensão, diabetes e hiperlipidemia. Entretanto, é preciso salientar que o tratamento cirúrgico da obesidade não se resume ao ato cirúrgico.

A má absorção de nutrientes é umas das explicações para a perda de peso alcançada com o uso de técnicas disabsortivas como a derivação biliopancreática/duodenal), sendo que cerca de 25% de proteína e 72% de gordura deixam de ser absorvidos. Automaticamente, nutrientes que dependem da gordura dietética para serem absorvidos, como as vitaminas lipossolúveis e o zinco, estão mais suscetíveis a uma má absorção nesse tipo de procedimento.

Vitaminas e minerais são fatores e cofatores essenciais em muitos processos biológicos que regulam o peso corporal direta ou indiretamente. Os benefícios metabólicos desses micronutrientes no controle da perda de peso incluem a regulação do apetite, da fome, da absorção de nutrientes, da taxa metabólica, do metabolismo de lipídios e carboidratos, das funções das glândulas tireoide e suprarrenais, do armazenamento de energia, da homeostase da glicose, de atividades neurais, entre outros. Assim, a “adequação” de micronutrientes é importante não só para a manutenção da saúde, mas também para obter o máximo sucesso na manutenção e na perda de peso a longo prazo
As deficiências de micronutrientes são as principais alterações que colocam em risco o sucesso dos procedimentos cirúrgicos. A prevenção das deficiências de vitaminas e minerais exige acompanhamento dos pacientes em longo prazo e o conhecimento das funções desses micronutrientes no corpo humano.

A utilização regular do suplemento nutricional tem sido defendida quando utilizada de forma correta: pelo menos cinco vezes por semana. No entanto, apenas 33% dos pacientes atendem a essa recomendação, e 7,7% deixam de utilizar os polivitamínicos/minerais após dois anos de cirurgia. A reposição e a incorporação de micronutrientes ao corpo a partir da alimentação é a maneira mais adequada de se manter os estoques corporais em níveis desejáveis. No entanto, em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica alguns fatores justificam a suplementação nutricional. Portanto, a utilização de uma dosagem diária adequada de polivitamínico/mineral é uma forma de garantir o aporte nutricional adequado de micronutrientes para o bom funcionamento dos processos que ajudam na regulação de peso corporal. A preocupação com a biodisponibilidade dos micronutrientes influencia na eficácia da suplementação. Nesse sentido, é importante considerar as formas de apresentação das suplementações disponíveis comercialmente.

O início da suplementação do polivitamínico/mineral ou da reposição de ferro de forma isolada têm sido recomendados logo após a alta hospitalar. No entanto, alguns hospitais já disponibilizam tal suplementação após 48 horas de cirurgia. A suplementação isolada de vitaminas e/ou minerais é utilizada no caso de diagnóstico de deficiência nutricional ou quando há a intenção de diminuir a interação.

O uso de polivitamínicos/minerais de forma preventiva deve compor o protocolo de atendimento de todos os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica, principalmente daqueles submetidos às técnicas que envolvem algum grau de disabsorção. O tratamento das deficiências nutricionais desses pacientes deve considerar megadoses de micronutrientes devido à menor biodisponibilidade em decorrência das alterações fisiológicas proporcionadas pelas técnicas cirúrgicas. Mais estudos são necessários para estabelecer a dosagem eficaz no tratamento das deficiências nutricionais após cirurgia bariátrica.

COMPRAR MULTIVITTAMÍNICO:
LINK: https://www.nutresul.com.br/produtos/multivitaminicos-e-polivitaminicos/118

Referência:
http://www.scielo.br/pdf/ramb/v57n1/v57n1a25.pdf

Quais suplementos tomar no inverno?

Hoje começa oficialmente o inverno. O que você vai fazer de diferente durante estes 6 meses para atingir os seus objetivos?

Aí vão algumas dicas da Nutresul para você:
– Coloque metas até o final do ano (ex.: quero perder 10 Kg até dezembro);
– Não deixe que o frio atrapalhe a sua meta. Seja mais forte do que isso;
– Cuide da alimentação e da sua suplementação;
– Não pare de fazer atividades físicas.

Para ajudar em sua imunidade e evitar as típicas doenças desta época mais fria, fica a dica sobre complementar sua dieta com GLUTAMINA e MULTIVITAMÍNICO para se fortalecer.

Você encontra esses produtos em nosso site:

Glutamina: https://www.nutresul.com.br/produtos/glutamina/105
Multivitamínico: https://www.nutresul.com.br/produtos/multivitaminicos-e-polivitaminicos/118

Suplementos para a terceira idade

As doenças cardiovasculares (DCVs) representam a principal causa de mortalidade no Brasil, sendo 31% das mortes em homens e 39% nas mulheres, com faixa etária acima de 40 anos.
A nutrição na terceira idade é importante para um envelhecimento com saúde. Alguns suplementos são essenciais para essa fase da vida, pois:
-Colaboram na manutenção da massa muscular;
-Melhoram a defesa do corpo;
-Desintoxicam o organismo;
-Agem na regulação do colesterol LDL e HDL e triglicerídeos.
Além de vários outros benefícios, afirma.

Conheça os cinco suplementos mais vendidos para as pessoas dessa faixa etária:

Ômega 3

Este ácido graxo é encontrado em óleos de peixes (principalmente a cavala, sardinha, salmão) de águas frias e profundas. Algumas das suas principais funções:

  • Auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares;
  • Diminuição da agregação plaquetária (Evitando infarto agudo do miocárdio);
  • Redução dos níveis de colesterol LDL (Ruim) e regulação do colesterol HDL (Bom) e triglicerídeos;
  • Atenuação de estados inflamatórios como a artrite;
  • Diminuição da pressão sanguínea (hipertensão);
  • Redução da viscosidade do sangue que permite uma circulação sanguínea mais ativa, promovendo uma melhor nutrição e oxigenação dos tecidos.

Importante saber: A Food and Drug Administration (2000) estabeleceu que o consumo diário de EPA e DHA que são os principais compostos dos ácidos graxos essenciais Ômega 3, não deverá exceder 3 g/dia devido a possíveis efeitos adversos.

Colágeno Hidrolisado

Produzido a partir de ossos e de cartilagem bovina, o colágeno é uma proteína primária do tecido conjuntivo, representando cerca de 30% das proteínas de origem animal.

É considerado um aminoácido de suma importância no organismo que assegura a coesão, elasticidade e regeneração da pele, cartilagens e ossos.

A ingestão de colágeno hidrolisado estimula a produção endógena de colágeno, assegurando o conjunto de aminoácidos e peptídeos úteis para a síntese do colágeno, dando suporte nutricional para, osteoartrose, dor articular, osteopenia e perda da firmeza óssea.

Glutamina

A glutamina é o aminoácido livre mais abundante no tecido muscular. Além de atuar como nutriente (energético) para as células imunológicas, apresenta uma importante função anabólica, promovendo o crescimento muscular. Este efeito pode estar associado à sua capacidade de captar água para o meio intracelular, o que estimula assim a síntese proteica.

A glutamina exerce funções muito importantes para o corpo, que são:

  • Manutenção do sistema imunológico;
  • Possível reguladora da síntese e da degradação de proteínas;
  • Controle do volume celular;
  • Desintoxicação corporal do nitrogênio e da amônia;
  • Controle entre o catabolismo e anabolismo;
  • Atua no combate à síndrome do overtraining e beneficia as células intestinais, resultando em melhor digestibilidade e aproveitamento dos aminoácidos.

Óleo de Prímula

A suplementação com óleo de prímula é muito benéfica ao organismo, é rica em ácido graxo (Ômega 6) que não é produzido naturalmente pelo organismo e precisa ser obtido na dieta, especialmente o GLA (ácido gama linolênico).

Para a terceira idade este ácido graxo também favorece a saúde cardiovascular, alivia os sintomas da artrite reumatoide, auxilia na diminuição dos níveis de colesterol e no tratamento e prevenção do diabetes, eczema atópico, hipertensão, alcoolismo e síndrome pré-menstrual.

Ele também é conhecido por diminuir os efeitos da tensão pré-menstrual, diminuir a queda de cabelo e no tratamento da acne, melhora o fluxo sanguíneo e diminui a resposta de hormônios responsáveis pelo aumento da pressão arterial, renina e angiotensina.

Além de possuir função muito importante na formação da membrana lipídica, aumenta a penetração na pele e a restauração da função de barreira de água na epiderme.

Multivitamínicos

Os suplementos multivitamínicos têm como objetivo repor os nutrientes que por falta da ingestão na dieta e estão limitados em nosso organismo. Assim sendo um facilitador para reposição das quantidades diárias de vitaminas e minerais.

Os multivitamínicos combatem o estresse diário, fornecem energia, combatem a deficiência de vitaminas no organismo, ajudam o cérebro a funcionar melhor e previnem doenças cardiovasculares e câncer.

Os multivitamínicos são apresentados em suas composições por diferentes gamas de vitaminas e minerais, a boa indicação do nutricionista é sempre atentar-se as vitaminas e minerais que estão isentas ou deficiente em seu organismo, para assim realizar a suplementação do complexo multivitamínico.