Shake de Albumina

A Albumina é a proteína extraída da clara do ovo. Diferente do Whey Protein, ela tem a absorção lenta e deve ser consumida antes de dormir, já que o organismo fica várias horas sem ingerir nenhum alimento. Em função do sabor, muitas pessoas deixam de consumir, por achar que tem gosto e cheiro de ovo cru. Isso não deixa de ser verdade, porém podemos suavizar e melhorar muito o sabor.

Aqui está uma receita muito fácil de preparar. É um Shake Energético de Albumina. É fonte de proteínas, carboidratos e vitaminas. Excelente para quem busca ganho de massa muscular e boa recuperação energética.

Ingredientes:

250ml de água gelada
2 colheres (sopa) de Albumina
2 colheres (sopa) de Dextrose natural
1/2 mamão papaia
1 banana média

Se preferir, acrescente cubos de gelo.

Modo de fazer:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e tome em seguida. Pode ser consumido após o treino ou antes de dormir. Neste caso, a absorção será mais rápida, devido aos carboidratos presentes na receita.

Anúncios

Paçoca fit

Falou em paçoca FIT?

Que tal trocar o chocolate e demais açucares prejudiciais para a saúde por uma paçoca Fit? Veja em nosso site as diferentes opções que temos:

Paçoca c/ Whey Protein (24 unidades c/18g) – Power1One

4,6g de proteína por unidade;Com Whey Protein;Não contém Glúten;Zero Gorduras Trans .

LINK: https://www.nutresul.com.br/produto/pacoca-c-whey-protein-24-unidades-c18g/2338

Paçoca Vegana (24 unidades de 18g) – Power1One

Feita com proteína da Ervilha;Não contém Glúten;Zero Gorduras trans.

LINK: https://www.nutresul.com.br/produto/pacoca-vegana-24-unidades-de-18g/2337

Paçoca Zero Açúcar – Cx com 24 unid 18g cada – Power1One

Zero Sódio;Zero Gorduras Trans;Zero lactose;Não contém Glúten.

LINK: https://www.nutresul.com.br/produto/pacoca-zero-acucar—cx-c-24-unidades—vencimento-08042019/2184

Paçoca Zero Açúcar – Cx com 24 unid 18g cada – Amendoita

Zero Gorduras Trans;Zero Lactose;Não Contém Glúten.;

LINK: https://www.nutresul.com.br/produto/pacoca-zero-acucar—cx-c-24-unidades—vencimento-08042019/2184

Smoothie de pasta de amendoim

Smoothie é a bebida da moda? Que tal pegar a moda e fazer uma bebida de monstro?

Ingredientes

– 1 scoop de whey de chocolate ou baunilha;
– 1 banana congelada cortada em pedaços;
– 1 colher de sopa de pasta de amendoim;
– 1 copo de 200 ml de leite desnatado;
– 3 cubos de gelo grandes.

Modo de preparo

Pegue um liquidificador, misture todos os ingredientes e bata até conseguir a consistência de um smoothie. Depois de pronto, é só consumir. Isso é que é bebida de monstro: prática, rápida e saborosa!

E agora que o carnaval acabou? Qual será seu objetivo?

Comente qual é o seu objetivo para 2019 que vamos te enviar um e-book com os suplementos indicados para você atingir os seus objetivos e também um cupom de 20% de desconto à vista!

A- emagrecer e definir
B- somente emagrecer
C- ganhar massa muscular
D- aumentar o peso

Desafio dos 21 dias

Muitas pessoas já pagaram um ano de academia e na segunda semana desistiram e nunca mais voltaram. Outras fizeram diversas dietas e não conseguem manter um dia sequer.

Isso ocorre frequentemente, pois a maioria se mantém determinado por 1 semana no máximo e logo perco o foco e determinação.

O Desafio dos 21 dias serve justamente para evitar isso, saiba mais:

Neurocientistas confirmam: em 21 dias você reprograma o seu cérebro!

Por que 21?
21 dias para mudar e transformar.
21 dias para ser uma pessoa mais feliz e de bem com a vida. 21 dias para começar a fazer yoga.
21 dias para meditar. 21 dias para mudar os hábitos alimentares…
21 dias para abandonar e quebrar um hábito, como parar de comer carne, parar de fumar, parar de criticar, adotar condutas altruístas… etc.

Tudo o que você precisa são 21 dias de determinação e disciplina fazendo ou deixando de fazer determinada coisa.

Você sabia que tudo o que você conquistou, assim como o seu padrão de pensamento e comportamento, estão relacionados aos seus hábitos? Ou seja, os seus hábitos influenciam diretamente a sua vida.

Os hábitos são, essencialmente, padrões de comportamentos e acabam se tornando uma parte do que somos.

Quando algum comportamento se repete o cérebro cria vias sinápticas mais rápidas, de maneira que uma ação aciona a ação seguinte, de forma quase automática.

É esse o desafio que iremos propor para vocês!
21 dias de determinação para transformar, seja na academia ou onde for.

Pasta de Amendoim: tudo o que você precisa saber a respeito

Boa parte da galera que treina, para fugir de opções não muito saudáveis, opta pela pasta de amendoim em diversas receitas. Será que você sabe tudo sobre ela?

A pasta de amendoim já caiu no gosto dos brasileiros e, principalmente, de quem treina.

Isso porque além de ser uma delícia, é um alimento muito nutritivo, que proporciona diversos benefícios à saúde e alguns específicos para quem treina.

Mas assim como diversos outros alimentos, há muitos mitos sobre os benefícios e malefícios que envolvem a pasta de amendoim e seu consumo.

Você não deve deixar se enganar sobre sobre os benefícios que a pasta de amendoim pode te proporcionar, e também em relação aos malefícios.

Por isso, fizemos este post que contém tudo o que você precisa saber sobre a pasta de amendoim.

Saca só:

Pasta de Amendoim: tudo o que você precisa saber sobre pasta de amendoim

Propriedades nutricionais

A pasta de amendoim é rica em gordura, sendo boa parte dela de gordura boas.

Vale lembrar que o consumo de gordura é essencial para a saúde, pois esse nutriente possui diversas funções no organismo.

Para quem treina e deseja ganhar massa muscular, é muito importante, pois a gordura é essencial na produção de alguns hormônios, como a testosterona.

Por conter uma grande quantidade de gordura, também contém um alto valor calórico.

Por isso, deve ser consumida com moderação, principalmente, por quem quer emagrecer.

Porém, ser calórico ou conter muito gordura não quer dizer que o alimento não é saudável ou provoca o ganho de gordura corporal.

Um alimento com alto teor de calorias, quando contém também grande quantidade de nutrientes importantes para a saúde, sem adição de açúcar, etc. não é um alimento ruim, por exemplo.

Além disso, todos os alimentos, calóricos ou não, devem ser consumidos conforme suas necessidades.

A pasta de amendoim também contém boa concentração de proteína, outro motivo que tem feito do alimento um aliado de quem treina.

Em relação aos carboidratos, contém uma quantidade menor concentração em relação aos outros macronutrientes e ainda boa quantidade de fibra alimentar.

Vale ressaltar que, se a pasta de amendoim foi adicionada de açúcar, ela apresentará mais carboidrato.

Também é rica em diversas vitaminas e minerais, que são muito importantes para a saúde e para quem treina, independente do objetivo.

Para exemplicar, imagine que 100g* de pasta de amendoim possui cerca de:

610 calorias
15g de carboidrato
25g de proteína
50g de gorduras
7g de fibras alimentares

* Os valores acimas foram calculados com a média de algumas matérias-primas e principais marcas do mercado. Os valores podem ser maiores ou menores de acordo com diversos fatores.

Principais benefícios

  1. Hipertrofia

Para alcançar a hipertrofia, é necessário uma dieta equilibrada, que vise o ganho de massa muscular não acompanhada do aumento excessivo de gordura corporal.

Por isso, um plano alimentar de acordo com os seus objetivos, aliado a um treino adequado são essenciais para o ganho de massa muscular.

Alguns alimentos, como a pasta de amendoim, podem te ajudar nesse processo e serem utilizados de forma estratégica.

A pasta de amendoim é calórica e contém alta quantidade dos macronutrientes.

Então, pode ser utilizada estrategicamente para te ajudar a alcançar a ingestão necessária de nutrientes, que é alta nas dietas para hipertrofia.

Além disso, fornece nutrientes essenciais para o ganho de massa muscular.

A proteína e os aminoácidos são essenciais para a construção muscular, por exemplo.

Já as gorduras são essenciais para a produção de hormônios envolvidos com o crescimento muscular, como a testosterona.

As vitaminas, minerais e o carboidratos também são importantes para a hipertrofia.

E todos esses nutrientes estão presentes na pasta de amendoim.

  1. Melhora do treino

A pasta de amendoim vem sendo muito consumida no pré-treino para ajudar na melhora do desempenho físico.

O consumo de carboidrato com pasta de amendoim, por exemplo, pão com pasta de amendoim, antes do treino, ajuda a diminuir o índice glicêmico da refeição.

Com isso, ajudar a manter os níveis de energia mais constante, além de prevenir a hipoglicemia durante o treino, que prejudica o rendimento físico e provocar até efeitos mais graves.

A hipoglicemia durante o exercício pode ser causada devido uma rápida absorção do carboidrato.

Que leva a um pico de glicemia e, consequentemente, um pico de insulina no sangue, que pode captar muita glicose de uma vez e provocar a hipoglicemia.

Além disso, fornece uma boa quantidade de energia através das gorduras boas que possui em sua composição.

  1. Ajuda na perda de peso

A pasta de amendoim não ajuda apenas quem quer ganhar massa muscular ou melhorar o desempenho.

Também ajuda quem deseja perder peso. E só quem quem está em uma dieta restritiva sabe o quão isso é difícil.

Ficar sem consumir alimentos não saudáveis, calóricos, ricos em gorduras e açúcares.

Isso porque quando há uma redução do consumo de calorias ou desses nutrientes, seu corpo inicialmente responde com o aumento da vontade de consumi-los.

Já o consumo da pasta de amendoim ajuda a manter o controle do apetite, devido o aumento da sensação de saciedade causado pela gordura.

E a vontade de consumir alimentos ricos em calorias, pois é rica no aminoácido triptofano, que auxilia na produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação do bem-estar.

Ou seja, a pasta de amendoim pode te deixar mais “feliz” depois de comer.

É o mesmo efeito provocado por alimentos porcarias, reduzindo o desejo por alimentos que podem prejudicar seus resultados.

Com isso, auxilia na redução da ingestão de alimentos altamente calóricos e não saudáveis, que colaboram para o aumento de gordura corporal e prejudicam o emagrecimento.

Como consumir pasta de amendoim

A pasta de amendoim deve ser consumida de acordo com as suas necessidades nutricionais.

Lembrando que seu consumo deve ser moderado por quem deseja emagrecer e definir, visto que possui um alto teor de calorias.

Ela pode ser consumida em qualquer horário do dia, de acordo com os seus objetivos e necessidades.

A pasta de amendoim também é um excelente alimento para adicionar em receitas e um alimento prático para levar para seus lanches.

Como escolher a sua pasta?

É possível encontrar nos mercados opções saudáveis de pasta de amendoim – sem adição de açúcares e aditivos químicos.

Certifique-se apenas se a pasta de amendoim que você vai comprar realmente não tem açúcar e aditivos.

Para isso, olhe as lista de ingredientes; essa deve ter apenas amendoim.

Confira nossas pastas: https://www.nutresul.com.br/produtos/pastas-de-amendoim/186

Fonte: Iridium

Benefícios do DHA

Estudos dos efeitos metabólicos dos ácidos graxos ômega 3, em especial o DHA, concluem que esses compostos podem ter mais benefícios para o nosso organismo além dos que já conhecemos. Foi descoberto agora que atuam na prevenção de doenças do fígado.

A pesquisa, feita por cientistas da Universidade do Estado de Oregon e outras instituições, foi uma das primeiras de seu tipo a usar metabolômica, uma análise de metabólitos que refletem os efeitos biológicos de ômega 3 no fígado. Foram pesquisados também os danos sofridos pelo fígado frente à dieta ocidental, que cada vez mais está relacionada à inflamação do fígado, fibrose, cirrose e, por vezes, insuficiência hepática. Os resultados foram surpreendentes, dizem os pesquisadores. A suplementação com DHA gerou mudanças expressivas observáveis no metabolismo de carboidratos, proteínas e aminoácidos, bem como no metabolismo lipídico.

Os resultados dos estudos indicam que suplementar com DHA é uma maneira de prevenir os danos do fígado causados pela dieta ocidental, que, geralmente, é baseada em um consumo excessivo de carne vermelha, açúcar, gordura e grãos processados. A pesquisa foi publicada na revista científica online PLoS One.

“Ficamos impressionados com a influência do ômega 3 e dos ácidos graxos (como o DHA) no organismo”, disse Donald Jump, professor da faculdade de OSU de Saúde Pública e Ciências Humanas. “A maioria dos estudos sobre esses nutrientes indica efeitos sobre o metabolismo lipídico e inflamação. Nossa análise metabolômica indica que os efeitos do ômega 3 vão além disso e inclui o metabolismo de carboidratos, aminoácidos e metabolismo das vitaminas”, acrescentou.

Recentemente, o ômega 3 tem sido objeto de pesquisa e muitas vezes com resultados conflitantes. As possíveis razões para as contradições são as quantidades de suplementos usados e a abundância relativa de dois ômega 3 comuns – DHA e EPA. Estudos em OSU concluíram que o DHA tem mais capacidade, quando comparado ao EPA, para prevenir a formação de metabolitos prejudiciais. Verificou-se que a suplementação de DHA reduziu até 65% das proteínas envolvidas em fibrose do fígado.

Os estudos foram realizados com animais de laboratório, que receberam um nível de suplementação de DHA equivalente a cerca de 2 a 4 gramas por dia, para uma pessoa de estrutura mediana. Na dieta, as fontes mais comuns de DHA são os peixes com mais teor de gordura, como salmão, cavala ou sardinha.

“Muitos estudos são feitos sobre doenças hepáticas, e estamos apenas começando a explorar o potencial do DHA na prevenção ou no retardamento da progressão da doença”, disse Jump, que também é pesquisador no Instituto Linus Pauling da OSU.

Tanto o diabetes quanto as doenças hepáticas aumentam de forma constante no Estados Unidos. Para Junmp, “o óleo de peixe, um suplemento comumente usado para fornecer ômega 3, normalmente não é prescrito para regular os níveis de glicose no sangue em pacientes diabéticos, mas nossos estudos sugerem que o DHA pode reduzir a formação de metabolitos de glicose nocivos associados a complicações diabéticas”.

A Fundação Americana do Fígado estimou que cerca de 25% da população do país, e 75% dos que são obesos, têm doença hepática gordurosa não alcoólica (esteatose hepática). Isso pode evoluir para esteato-hepatite não alcoólica, cirrose e câncer. Esse estudo estabeleceu que o principal alvo de DHA no fígado é o controle da inflamação, o estresse oxidativo e fibrose, que são as características mais graves dos problemas hepáticos.

Fonte: Essential Nutrition